Fizeram-me acreditar…

Fizeram-me acreditar que a saudade era uma coisa boa,

que ela vem e depois voa…

e que se não quisesse senti saudade

era só mentalizar e fixar na mente, que tudo sairia perfeito!

Me disseram também que era um sentimento puro,

pois só quem ama alguém de verdade pode sentir saudade;

Fizeram-me acreditar completamente que a saudade era passageira,

que era fraca e costumeira,

nas pessoas e nos lugares;

Me disseram que ela vem e vai,

e derrepente sai quando não se quer mais…

que volta quando o coração chama,

ou reclama de não senti-la mais;

Mas…

esqueceram de me diser

que a saudade machuca até onde não pode mais,

que nos magoa a alma e fere o coração,

com flexas infinitas de solidão;

Esqueceram também de me diser,

que a saudade surge

quando não estamos com a pessoa querida,

e que nos deixa nesse martírio de vida;

Não me falaram que a saudade quando crava no peito,

a dor é forte e desaba o coração,

que a tristeza é enorme,

e sem condição;

Acho que também esqueceram de me diser,

que a saudade que eu poderia sentir do meu querido,

seria maior que minha própria alma;

Não me disseram que a saudade,

me deixaria chorosa,

e que chegaria dias de tédio e pranto;

Mas…

sem a saudade,

não tem amor,

sem amor o coração não chora de saudade…

Saudade só quem sente é a alma e o coração.

. Larissa Amorim .

Uma resposta to “Fizeram-me acreditar…”

  1. Minha cara Lara, muito, muito, lindo. A saudade é palavra única. Chorar de saudade é reafirmar o amor, e o amor sempre nos traz saudade.

    Forte abraço

    CAUROSA – caurosa.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: