‘ suave, leve e macia ‘

Em suas mãos, sou brisa suave, leve e macia;

perto de seu corpo ofegante e quente, sou primasia,

quero sentir teu perfume que ensendeia-me de fervor,

acocha a alma e enche-me de amor;

toques delicados cubram-me de calor,

em seus braços viro explendor…


Em suas mãos, sou brisa suave, leve e macia;

os teus beijos enchem-me de alegria,

o teu olhar transborda magia,

vendo todo esse amor se transformar em poesia,

sinto toda essa sintonia,

num respirar calmo de cortesia…


Em suas mãos, sou brisa suave, leve e macia;

os seus risos são cheios de harmonia,

o teu jeito embala simpatia;

e toda essa calmaria,

acaba com toda monotonia.

. Larissa Amorim .

Uma resposta to “‘ suave, leve e macia ‘”

  1. Larissa, em tempos de muita violência, um poema que fale em harmonia, brisa leve, suave e macia é muito reconfortante e alegra muito a nossa alma. Parabéns.

    Forte abraço.

    CAUROSA – caurosa.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: